Vendas no varejo norte-americano têm baixo crescimento e preços de importação caem

Em agosto, as vendas norte-americanas no varejo documentaram seus números mais baixos em seis meses. Os consumidores evitaram comprar veículos e roupas, mas a alta dos dados de julho manteve as expectativas de possível crescimento econômico intactas.

Na sexta-feira, outros dados registraram a maior queda nos preços de importação em mais de um ano e meio em agosto. Isso se deu por conta do declínio no custo dos combustíveis, entre outros produtos.

Vendas

As vendas no varejo subiram apenas 0,1%, segundo o Departamento de Comércio. Ou seja, o menos aumento desde fevereiro. No mês de julho, revisaram-se em alta e mostrou um aumento de 0,7 por cento nas vendas.

Excluindo automóveis, gasolina, materiais de construção e serviços de alimentação, as vendas no varejo subiram 0,1 por cento no mês passado, após um aumento de 0,8 por cento em julho. Essas chamadas vendas de varejo principais correspondem mais de perto ao componente de gasto do consumidor do produto interno bruto.

Fonte: Cargo News

Equipe LMX

Veja também:

O que preciso saber sobre cargas perigosas?