Governo quer conceder 17 terminais neste ano

Governo pretende oferecer mais 17 áreas de locação de terminais portuários até o fim de 2018. O plano é conjunto ao Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Em conjunto, essas parcerias devem exigir por volta de R$ 2,5 bilhões em subsídios.

Essa informação foi dada pelo diretor Diogo Piloni da Silva do PPI. Ele é responsável pela área portuária e concedeu a informação em coletiva de imprensa. O objetivo da coletiva era falar sobre o resultado do leilão de áreas portuárias que aconteceu na última sexta-feira (27).

Leilão

Das 17 novas áreas em jogo, quatro já tem data de leilão marcada. Em setembro, serão oferecidos terminais de granéis líquidos em Santos (SP), granéis sólidos de origem vegetal em Santana (AP). E também de GLP em Miramar (PA). Além de área de movimentação e armazenagem em Santos (SP) hoje ocupada pela Rodrimar. Propostas de arrendamento de mais 10 áreas serão encaminhadas ao Tribunal de Contas da União (TCU). Incluindo terminais em Cabedelo (PB) e Miramar e Vila do Conde (PA). A intenção é realizar a licitação neste ano. Adicionalmente, a intenção também é realizar consultas públicas para outras três áreas, incluindo um terminal de contêineres em Suape (PE).

Equipe LMX

Fonte: Portos e Navios

Veja também:

TCU multa direção da Antaq e determina mudança de tarifa